Conheça a Palantir - e conheça os motivos pelos quais você precisa conhecê-la

Referência em tecnologia contra o terrorismo, a empresa fundada por Peter Thiel desponta em nível global. E também como meme stock. Entenda.

Que Peter Thiel é visionário, não é novidade. Foi o primeiro investidor externo do Facebook, em 2004, e criou o PayPal ($PYPL), serviço de pagamentos online, em 1998, quando poucos entendiam a dimensão do que estava acontecendo com a evolução da internet - entre eles, claro, Steve Jobs, que na década de 1990 previu o que depois viria a ser o e-commerce: 

“15% dos produtos e serviços são vendidos via televisão. Tudo isso vai acontecer através da web e mais. Bilhões e bilhões de dólares em produtos e serviços serão vendidos na web. Um jeito de pensar sobre isso é que será o canal final de distribuição para os consumidores. Outro jeito de pensar é que as menores empresas do mundo poderão parecer tão grandes como as maiores empresas do mundo na web”, disse Steve Jobs em uma entrevista a um canal local de televisão nos EUA, em 1995.
Peter Thiel devia estar com as antenas bem ligadas - e seguiu assim. 
Peter Thiel. Foto: redes sociais

Hoje empresário e investidor bilionário, Thiel nasceu em Frankfurt, em 1967. Mudou-se quando criança com os pais para os Estados Unidos, se formou em Filosofia e Direito pela Stanford.

Chegou a atuar no sistema judicial dos Estados Unidos, até se lançar no mundo da tecnologia, finanças e… segurança. Em 2003, fundou com outros 4 sócios, a Palantir ($PLTR). E agora você vai entender por que ele foi, de novo, visionário.

O que é a Palantir?

Como diz o site da empresa, a Palantir “desenvolve software que empodera organizações a integrar de forma efetiva os seus dados, suas decisões e operações”. E o slogan é inspirador: “Software fundacional do amanhã. Entregue hoje”. Adiantar-se em soluções disruptivas é com Peter Thiel mesmo.

A Palantir foi criada em 2003 a partir da ideia de usar softwares de reconhecimento de fraudes do PayPal para desenvolver sistemas de coleta e tratamento de dados contra o terrorismo.

Já existiam tecnologias para rastreamento e armazenamento de dados nessa área, mas a Palantir sistemas mais robustos, a fim de cruzar milhares de bancos de dados públicos e privados, e possibilitar análises mais precisas de supostos terroristas e previsibilidade de ataques.

Os softwares da Palantir usam inteligência artificial e machine learning para detectar padrões e, a partir disso, apontar quando há um comportamento suspeito.

“Alguém comprou uma passagem de avião só de ida, alugou um apartamento, está fazendo grandes saques de uma conta bancária estrangeira, faz ligações repetidas para números de uma lista de vigilância no Oriente Médio, aluga um caminhão grande, faz viagens para os principais parques temáticos. Se você olhar para qualquer uma dessas coisas individualmente, não parece muito”, explica o analista de investimentos Danny Vena, da plataforma “The Motley Fool”, ao destacar a importância das tecnologias da Palantir no cruzamento e na interpretação dos dados para predição de casos de terrorismo. 

Em 2011, com o ataque às Torres Gêmeas, a Palantir estava pronta para entregar uma solução ainda não usada pelo governo americano: a integração dos bancos de dados de todos os órgãos de segurança, como FBI e CIA, até então isolados. E é o que faz até hoje.

Além disso, a Palantir também atende governos regionais, como estados e municípios. E desempenhou função relevante na pandemia, ao monitorar os números de contaminações por Covid-19 e a vacinação em diversas regiões. 

A empresa também é queridinha no setor privado, especialmente nos setores financeiro e aeroespacial. Atende grandes bancos e corporações, como Morgan Stanley, Airbus e Fiat Chrysler.

Em 2021, passou a fornecer software para a Amazon ($AMZN), gigante do e-commerce, com a solução ERP Suite (sistema integrado de gestão empresarial) otimizada para rodar no Amazon Web Services.

E é um nome além-mar. No dia em que escrevemos este artigo, a Palantir anunciou a parceria com a Marinha e a Força Aérea do Reino Unido no Percy Hobart Fellowship, programa de treinamento militar de ponta do Reino Unido. “(…) aprimorar sua força de trabalho talentosa é uma forma de apoiarmos a transformação digital da Defesa do Reino Unido”, publicou a Palantir no Twitter.

Força militar do Reino Unido tem treinamento especial para digitalização das tropas. Foto: Royal Navy/divulgação

Principais produtos da Palantir

Os 3 principais sistemas oferecidos pela Palantir são:

Palantir Foundry

“Sistema operacional para empresas modernas”, como a Palantir define. É contratado pelas corporações citadas acima, por exemplo.

“Pode ajudar os bancos a detectar lavagem de dinheiro, ajudar as operações de mineração monitorando o desempenho de seus equipamentos e medindo as condições geotécnicas, e ajudando a melhorar a segurança no local. A FAA (Força Aérea Americana) está usando o Foundry para ajudar nas certificações de aeronaves e detectar problemas de segurança operacional nas companhias aéreas”, explica Danny Vena.

Palantir Gotham

“Sistema operacional para tomadas de decisões globais”, como define a empresa no seu site. É dedicado ao combate ao terrorismo. É usado por agências e aliados do governo dos EUA para analisar o risco de um ataque terrorista.

Palantir Apollo

“Sistema operacional para entrega contínua”, como define a empresa. É um SaaS (Software as a Service) que funciona como um serviço de entrega continua para os produtos Foundry e Gotham, e permite que empresas usem múltiplas plataformas de cloud (nuvem), tanto públicas, quanto privadas, como parte da infraestrutura próprias delas. Ou seja, o Apollo é o produto que permitiu oferecer Foundry e Gotham como SaaS.

Palantir meme stock

A Palantir fez IPO em setembro de 2020. E assim como GameStop ($GME) e AMC Entertainment ($AMC), ganhou o coração de milhares de investidores nas redes sociais, pelo propósito de combate à criminalidade e ao terrorismo. Por outro lado, também desencanta outros, que questionam o poder de uma empresa privada sobre os dados dos cidadãos.

Em geral, as ações que “viram memes” são vistas pelos especialistas do mercado financeiro com cautela, já que movimentos bruscos e exponenciais no valor de uma ação precisam ser estudados antes de qualquer movimento na sua carteira.

Isso quer dizer que, quando uma ação está subindo vertiginosamente, você deve buscar mais informações sobre a empresa e análises de plataformas seguras para entender melhor o que está acontecendo - e só aí então decidir se investe nessa ação, ou se a vende, caso já a tenha no seu portfólio.

Já sobre ações da Palantir como meme stock, há analistas que as entendem como uma vantagem no longo prazo.

Entre os motivos, está tudo o que pontuamos acima sobre a empresa, seus produtos e atuação global. Além disso, uma análise da plataforma The Motley Fool também aponta os resultados financeiros satisfatórios da Palantir em 2021.

E se você ainda não sabe o que é meme stock, corre aqui e aqui - dois artigos especiais com explicações simples sobre esse assunto.

-

DISCLAIM: Importante lembrar que em qualquer investimento denominado em moeda estrangeira, as mudanças nas taxas de câmbio podem ter um efeito adverso no valor, no preço ou na receita de dividendos desse investimento. Mesmo que a diversificação possa ajudar a diluir o risco, ela não garante lucros ou proteção contra perdas. Há sempre a possibilidade de perder dinheiro quando você investe em qualquer produto financeiro. Por isso, considere cuidadosamente seus objetivos e riscos antes de optar por qualquer investimento.