O que Petz, PetCo e Chewy têm em comum?

Saiba mais sobre a maior rede de pet shops do Brasil e conheça duas empresas semelhantes nos EUA, caso você queira investir em ações do setor, mas em dólar ;)

Pet é uma palavra em inglês que significa animal de estimação. Mas já embedamos o termo ao português há muito tempo, né? A Petz que o diga.

Petz, a gigante de estimação do Brasil

“O seu pet center de estimação” diz a “Bio” da empresa no Instagram. E para todos os bichinhos possíveis. No site da Petz, tem uma sessão dedicada aos pets mais diferentões.

De coelhinhos a lagartos, tem produtos e serviços pra todos. Imagem: reprodução site Petz

Já no mundo dos negócios, a Petz se define como “o ecossistema mais completo do segmento pet brasileiro, oferecendo uma plataforma de soluções que alia experiência de compra e atendimento diferenciado na maior rede de lojas físicas do país à conveniência e agilidade de seus canais digitais. Integram ainda o ecossistema Petz os segmentos de produtos de marca própria e de serviços, no qual se destacam as maiores redes do Brasil de centros de estética para pets e de clínicas e hospitais veterinários - sob a marca Centro Veterinário Seres”, diz o perfil da empresa no LinkedIn.

Ou seja, daquele ossinho de couro de gado até hidratação do pelo e UTIs veterinárias, a ideia é que o cliente encontre nela tudo o que precisa para seu bichinho.

Começou com lojas físicas. Aliás, o storytelling da Petz é bonito. O fundador, Sergio Zimerman, foi rejeitado pela rede de pet shops Cobasi quando quis abrir uma franquia.

Decidiu abrir a sua própria loja, em um galpão velho que tinha na Marginal Tietê, SP, em 2002. Em 2013, quando já tinha mais de 20 lojas, recebeu um investimento robusto do fundo Warburg Pincus. E aí decolou de vez. E expandiu para o digital.

Hoje, tem aplicativo em que o cliente marca banho & tosa rapidinho. E uma loja virtual gigante, com diversificação para fora do mercado pet. Vende produtos para limpeza da piscina, controle de pragas no jardim, e até livros, capinhas de celular, fones de ouvido, tripé… é, portanto, um grande marketplace. Inclusive, o layout da página lembrao do Mercado Livre.

Ah, nesses acessórios para celular, tem um que é para seu cachorrinho ou gatinho tirarem selfies!

Suporte pra seu pet tirar selfie: tem também. Imagem: reprodução site Petz

A Petz tem centenas de lojas físicas distribuídas por todo o país, e 12 hospitais “que unem conhecimento científico a equipamentos de última geração”, propagandeia a marca. 

Toda essa estrutura coloca a Petz como uma referência no varejo global, com um índice de ominicanalidade de 86%, alcançado em 2021. Omnicalidade é a presença de uma empresa nos diferentes canais de contato, venda e distribuição - digitais ou físicos - e a integração de todos eles, otimizando a interação com o cliente e, por consequência, os resultados financeiros.

E está buscando expansão. O grupo Petz foca também em incorporações. A mais recente foi a compra da “Cansei de Ser Gato”, uma plataforma digital brasileira de conteúdo e produtos para gatos. 

E a previsão é que continue com bons resultados, se depender dos números do mercado pet brasileiro.

A Petz fez IPO na B3 em setembro de 2020. É a única companhia do setor listada na bolsa brasileira. Mas precisa ficar de olho em Cobasi e Petlove, concorrentes que também estão indo bem.

E as “concorrentes” nos Estados Unidos? Os números do mercado pet americano também animam. Veja abaixo duas ações do ramo pet nos Estados Unidos, pra você que quer investir no setor, mas em dólar :)

Lembrando que as informações fornecidas aqui são para fins educacionais e não devem ser consideradas como aconselhamento jurídico ou tributário. Pra isso, consulte um advogado ou um profissional da área tributária sobre a sua situação específica.

Pet shops nos EUA

Duas grandes redes de pet shops no Estados Unidos são PetCo e Chewy.

PetCo ($WOOF)

Fundada em 1965, em San Diego, na Califórnia. Começou vendendo suprimentos veterinários por correspondência - olha o princípio do e-commerce aí.

Claro que com a internet, a empresa que tinha o "delivery" no DNA montou a sua estrutura de vendas online. Mas manteve as lojas físicas.

Hoje, um dos principais diferencias da PetCo é o seu propósito. Ela se posiciona como uma empresa de saúde e bem-estar animal. E é uma referência em inovação nesse sentido. Em 2019, removeu das lojas físicas e virtuais todos os alimentos e guloseimas pra cães e gatos que continham ingredientes artificiais. Foi a primeira a fazer isso.

Além disso, a PetCo não vende mais aquelas coleiras que dão choquezinhos. Politicamente correta, sim, alinhada com as tendências.

Assim como a Petz, tem programa de assinatura, com descontos em produtos, atendimentos estéticos e exames.

Chewy ($CHWY)

Fundada em 2011, em Dania Beach, na Flórida, por dois amigos que juntaram economias próprias e pequenos empréstimos para vender produtos pet online.

Em artigo para a Harvard Business Review, um deles, Ryan Cohen, conta toda a história da empresa. Foram dois anos de “mais de 100 conversas com VCs (Venture Capital, que se refere a investidores de capital de risco) que não deram em nada”, diz Cohen.

Ao mesmo tempo, seguiram batalhando pra superar as metas de vendas, e conseguiram ultrapassar até a Amazon no nicho pet. Assim, convenceram um grande investidor e escalaram, até venderem a empresa por US$ 3,35 bilhões em 2017.

A Chewy tem mais diversificação de “público” que a PetCo, com a seção “farm animals”, animais de fazenda, que vende inúmeros produtos - como aquecedores de água para as ovelhinhas que vivem em lugares frios. Até as lhamas e alpacas têm espaço no e-commerce da Chewy.

Seção "Farm Animals" no site da Chewy. Imagem: reprodução

Petz x PetCo x Chewy

O diretor de conteúdo da SproutFi, James Cherry, que é americano e adora pets, diz que a Petz é mais parecida com a PetCo, quando comparados os modelos de negócio. As duas redes têm lojas físicas. Já a Chewy é 100% online.

Mas Chewy e Petz convergem no membership, o programa de assinatura com entregas mensais. "Eu gosto da Chewy, ela tem um sistema que entrega na sua porta a quantidade de comida que seu animal precisa todo mês", conta James.

-

DISCLAIM: Importante lembrar que em qualquer investimento denominado em moeda estrangeira, as mudanças nas taxas de câmbio podem ter um efeito adverso no valor, no preço ou na receita de dividendos desse investimento. Mesmo que a diversificação possa ajudar a diluir o risco, ela não garante lucros ou proteção contra perdas. Há sempre a possibilidade de perder dinheiro quando você investe em qualquer produto financeiro. Por isso, considere cuidadosamente seus objetivos e riscos antes de optar por qualquer investimento.