Bolsas americanas fecham em baixa nesta sexta (26)

Desempenho das bolsas nesta sexta (26) tem índices em baixa e empresas de tecnologia com cotação negativa

Neste artigo:
- Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq Composite fecham em baixa;
- $NVDA foi destaque negativo com baixa de 9,23%;
- O que foi destaque na comunidade Sproutfi.

A sexta-feira (26) foi um dia para esquecer para os investidores das bolsas americanas. Os principais índices do mercado fecharam em queda superior a 3%. As empresas de tecnologia, um dos setores com mais relevância no mercado dos Estados Unidos, encerraram o pregão em baixa.

O Dow Jones (DJI) encerrou o dia com 32.283,40 pontos – na última semana, a marca foi de 33.706,74. A baixa em relação à quinta-feira foi de 3,03%.

O S&P 500 (INX), índice que lista as 500 empresas com maior valor de mercado dos Estados Unidos, também encerrou a semana em queda. A marca fechou a sexta-feira com 4.057,66 pontos, queda de 3,37% em relação ao dia anterior. Em 19 de agosto, sexta-feira da semana passada, o índice marcou 4.228.48 pontos.

Já o Nasdaq Composite (IXIC), por sua vez, encerrou a sexta-feira (26) com queda de 3,94% e recuou para 12.141,71 pontos. Na sexta-feira passada, o índice ficou em 12.705,22 pontos.

Principais baixas

A sexta-feira (26) foi ruim para as principais empresas de tecnologia. O destaque foi a NVDIA ($NVDA), que caiu 9,23% e encerrou o dia cotada a US$ 162,60 por ação.

Apple ($AAPL), Amazon ($AMZN), Google ($GOOGL), Microsoft ($MSFT), Netflix ($NFLX), Tesla ($TSLA) e META ($META) também caíram. Confira o desempenho:

$AAPL: -3,77%, cotação a US$ 163,62 por ação;
$AMZN: -4,76%, cotação a US$ 130,75 por ação;
$GOOGL: -5,41%, cotação a US$ 110,34 por ação;
$META: -4,15%, cotação a US$ 161,78 por ação;
$MSFT: -3,86%, cotação a US$ 268,09 por ação;
$NFLX: -4,57%, cotação a US$ 223,28 por ação;

Destaques na comunidade Sproutfi

Durante a semana, nos destaques na seção "Insights" da comunidade Sproutfi, foram abordados diversos temas.

Na terça-feira (23), o investidor da Sproutfi aprendeu um pouco mais sobre day trade. Essa forma de investir é possível no mercado norte-americano, embora seja necessário ter cuidado.

Na quarta-feira (24), o tema foram os REITs com o maior dividend yield do mercado.

Na quinta-feira (25), a comunidade pode conhecer um pouco mais sobre um dos investidores mais famosos: Peter Lynch e ver algumas lições do "guru" dos investimentos.