Veja os 5 melhores e os 5 piores REITs de abril

Conheça os ativos imobiliários americanos com a maior valorização e também os que tiveram o pior retorno no mês passado

Neste artigo, você vai conhecer os 5 REITs que tiveram o melhor desempenho no mês de abril de 2022 – ou seja, as ações desse segmento com a maior valorização do mês. Também vamos mostrar quem ficou na lanterna: os 5 REITs com o pior desempenho. Os dados foram compilados da plataforma Finviz.

O QUE SÃO REITs?
REITs é a sigla para Real Estate Investment Trusts. São fundos de investimento imobiliário dos EUA, como os FIIs - que são os fundos imobiliários brasileiros. Os REITs costumam ser buscados pelos investidores como uma alternativa mais acessível para investir no mercado imobiliário em vez de comprar o imóvel em si.
DIFERENÇA ENTRE REITs e FIIs
A principal diferença é que os FIIs são fundos e os REITs são empresas, com cotas negociadas em bolsa. Essas empresas compram e gerenciam imóveis para a obtenção de renda, que distribuem aos acionistas.

5 melhores REITs de abril

1 - American Campus Communities ($ACC)

Retorno em abril: 15,69%

A American Campus Communities é a maior empresa de moradia estudantil nos Estados Unidos. Tem 166 propriedades em 71 universidades. Em abril, a ACC fechou um acordo para ser comprada pelo grupo Blackstone, de private equity, por US$ 12,8 bilhões. O REIT tem US$ 9,03 bilhões em valor de mercado.

2 - CoreCivic ($CXW)

Retorno em abril: 15,67%

A CoreCivic é uma administradora de prisões e centros de detenção privados.A empresa tem US$ 1,6 bilhão em valor de mercado.

3 - PS Business Parks ($PSB)

Retorno em abril: 11,15%

A PS Business Parks é uma empresa que compra e administra propriedades comerciais, industriais e escritórios. A empresa também anunciou em abril que fechou um acordo para ser comprada pelo grupo Blackstone, por US$ 7,6 bilhões. O REIT tem US$ 5,16 bilhões em valor de mercado.

4 - Global Self Storage ($SELF)

Retorno em abril: 8,21%

A Global Self Storage compra, opera e administra propriedades de auto-armazenamento para inquilinos residenciais e comerciais. Os galpões para auto-armazenamento, também conhecidos como “guarda-móveis”, foram a categoria de REIT que mais cresceu em 2021. A Global Self Storage tem US$ 66,35 milhões em valor de mercado.

5 - Hersha Hospitality Trust ($HT)

Retorno em abril: 8,04%

O Hersha Hospitality Trust é um REIT que administra hotéis em áreas urbanas e também resorts. A empresa tem 36 hotéis localizados em Nova York, Washington, Boston, Filadélfia, Miami, entre outras cidades. A companhia tem US$ 394,73 milhões em valor de mercado.

5 piores REITs de abril

1 - Power REIT ($PW)

Retorno em abril: -35,82%

O Power REIT é focado em imóveis sustentáveis, como estufas e fazendas solares. A empresa também está expandindo seu negócio para o cultivo de cannabis. Falamos mais sobre REITs de cannabis neste artigo aqui. A Power REIT tem US$ 84,39 milhões em valor de mercado.

2 - Ashford Hospitality Trust ($AHT)

Retorno em abril: -32,65%

O Ashford Hospitality Trust é um REIT de hotéis de alto padrão. A empresa tem US$ 251,79 milhões em valor de mercado.

3 - Diversified Healthcare Trust  ($DHC)

Retorno em abril: -31,87%

O Diversified Healthcare Trust é um REIT da área da saúde que investe em consultórios médios, lares para idosos e centros de bem-estar. A empresa tem US$ 521,01 milhões em valor de mercado.

4 - Industrial Logistics Properties ($ILPT)

Retorno em abril: -31,76%

Industrial Logistics Properties é um REIT que compra e aluga propriedades industriais e logísticas nos Estados Unidos. A empresa tem hoje 412 propriedades e US$ 483,25 mil em valor de mercado.

5 - Innovative Industrial Properties ($IIPR)

Retorno em abril: -29,65%

O REIT é pioneiro e líder no segmento imobiliário da indústria regulamentada de cannabis. A empresa tem US$ 394,24 mil em valor de mercado.

-

DISCLAIMER: importante lembrar que em qualquer investimento denominado em moeda estrangeira, as mudanças nas taxas de câmbio podem ter um efeito adverso no valor, no preço ou na receita de dividendos desse investimento. Mesmo que a diversificação possa ajudar a diluir o risco, ela não garante lucros ou proteção contra perdas. Há sempre a possibilidade de perder dinheiro quando você investe em qualquer produto financeiro. Por isso, considere cuidadosamente seus objetivos e riscos antes de optar por qualquer investimento.