Se você investe na Hypera Pharma, vai gostar de conhecer estas farmacêuticas listadas nos EUA

Johnson & Johnson, P&G e Merck podem ser opções de um setor defensivo para a diversificação da carteira.

Neste artigo, vamos falar de um setor considerado defensivo na economia.

Setores defensivos são aqueles que costumam sofrer menos, mesmo em tempos de crise, por estarem relacionados a bens essenciais, que as pessoas priorizam no orçamento, precisam comprar como necessidade básica. Falamos mais sobre setores defensivos neste outro artigo aqui.

Um desses segmentos é o setor de saúde. Neste conteúdo, vamos mergulhar em um subgrupo da área da saúde: o setor farmacêutico; mais precisamente, vamos falar da maior empresa farmacêutica do país: a Hypera Pharma.

Hypera Pharma ($HYPMY)

Você deve lembrar dela com outro nome: Hypermarcas. Mas, desde 2018, a companhia se chama Hypera Pharma.

A empresa tem três grandes unidades de negócios: medicamentos de prescrição, com a marca Mantecorp; similares e genéricos, com a marca Neo Química; e medicamentos sem prescrição, como os conhecidos Apracur, Benegrip, Coristina D, Engov, Epocler e Estomazil. Essa unidade também atua com produtos de nutrição e suplementos vitamínicos.

Sediada em São Paulo, a empresa tem cerca de 8,5 mil funcionários. Desde 2008, a Hypera Pharma é listada no Novo Mercado da B3 – segmento da bolsa brasileira com empresas que adotam práticas mais firmes de governança corporativa, adicionais às que são exigidas pela legislação brasileira.

Hypera Pharma já passou pela sua casa com algum (ou alguns) desses produtos, né? Imagem: Reprodução/Hypera Pharma

Saúde financeira

No ano passado, a farmacêutica teve lucro líquido de R$ 1,33 bilhão, alta de 2,7%. A receita somou R$ 5,94 bilhões, avanço de 45,2%.

Desde a sua fundação, em 2001, a empresa cresceu principalmente a partir de aquisições, criando uma estrutura de farmacêutica descentralizada.

A última aquisição da Hypera Pharma foi concluída no início deste mês: foram doze marcas de medicamentos isentos de prescrição médica da Sanofi, sendo dez no Brasil e outras duas no México e na Colômbia. O valor da transação foi de US$ 190,3 milhões.

Essa aquisição, somada aos resultados positivos da empresa, animou os investidores. As ações da companhia voltaram aos holofotes do mercado, com uma alta de quase 35% em 2022. Em março, a companhia pagou R$ 194 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP) aos acionistas. Atualmente, a empresa tem R$ 23,4 bilhões em valor de mercado.

Se você já investe na Hypera Pharma ou se interessa pelo setor farmacêutico, conheça agora algumas empresas dos Estados Unidos com perfis similares. Elas podem ser uma boa opção para quem quer diversificar os investimentos, sem deixar de investir no setor que já conhece.

Johnson & Johnson ($JNJ)

A Johnson & Johnson é uma empresa americana fundada em 1886, especializada na produção de farmacêuticos, utensílios médicos e produtos pessoais de higiene. A companhia iniciou suas operações no Brasil em 1933, no bairro da Mooca, em São Paulo.

Durante a pandemia, a J&J produziu a vacina Janssen, contra a Covid-19. Em 2022, as ações da empresa acumulam alta de pouco mais de 6%. A companhia tem US$ 485,6 bilhões em valor de mercado.

No dia 19 de abril, a empresa divulgou seu resultado financeiro do 1º trimestre de 2022. A J&J teve um lucro líquido de US$ 5,15 bilhões, 17% menor do que no mesmo período do ano passado. No balanço, a J&J também baixou suas projeções para o lucro ajustado por ação deste ano, para uma faixa de US$ 10,15 a US$ 10,35. A companhia suspendeu projeções para vendas de vacina contra o coronavírus, citando incertezas de demanda.

P&G ($PG)

A Procter & Gamble é uma corporação multinacional americana de bens de consumo fundada em 1837 pelo britânico William Procter e pelo irlandês americano James Gamble.

A companhia é especializada em saúde pessoal e produtos de cuidados pessoais e higiene. Em 2005, comprou a Gillette, que além dos aparelhos de barbear também era dona das marcas Oral-B, das pilhas Duracell e dos electrodomésticos Braun. A P&G tem operações em 70 países.

No dia 20 de abril, a P&G divulgou seu resultado financeiro do 1º trimestre de 2022: lucro líquido de US$ 3,35 bilhões, superando as projeções dos analistas.

As vendas aumentaram em todas as categorias, lideradas pelo setor de saúde, com alta de 16% nas vendas, por causa do crescimento contínuo de produtos premium e aumento de preços. As vendas do setor de saúde pessoal cresceram 13%; saúde feminina, bebês e família, 7%; e produtos para casa, 7% também.

A companhia tem US$ 383,38 bilhões em valor de mercado. No ano, as ações da P&G, listadas na bolsa de Nova York (NYSE) acumulam queda de 2%.

Merck ($MRK)

A Merck KGaA é uma empresa alemã da indústria química, farmacêutica e de ciências biológicas fundada em 1668. Ela tem operações em 66 países, com cerca de 53 mil funcionários.

Em 2021, a empresa teve lucro de 3,07 bilhões de euros, uma alta de 53,7% na comparação com o ano anterior. As vendas líquidas somaram 19,69 bilhões de euros, alta de 12,3%.

Segundo a Merck, todos os setores e regiões de negócios cresceram e contribuíram para o resultado, com destaque para as áreas de soluções de processo da unidade de ciências da vida, novos produtos de saúde e soluções de semicondutores de eletrônicos.

A empresa propôs um aumento de dividendos de 0,45 euro por ação para 1,85 euro, o que disse ser um recorde histórico para a companhia.

A Merck tem hoje US$ 213,6 bilhões em valor de mercado. No ano, as ações acumulam alta de 9,8%.

-

DISCLAIMER: importante lembrar que em qualquer investimento denominado em moeda estrangeira, as mudanças nas taxas de câmbio podem ter um efeito adverso no valor, no preço ou na receita de dividendos desse investimento. Mesmo que a diversificação possa ajudar a diluir o risco, ela não garante lucros ou proteção contra perdas. Há sempre a possibilidade de perder dinheiro quando você investe em qualquer produto financeiro. Por isso, considere cuidadosamente seus objetivos e riscos antes de optar por qualquer investimento.