Kroger: como crescer sem abrir lojas

‍Uma das maiores redes de supermercados dos Estados Unidos expande sobre o território da concorrência. Com nenhuma loja física.

A Flórida estava nos planos da Kroger ($KR), uma rede de supermercados famosa no norte dos Estados Unidos, caracterizada por lojas relativamente pequenas, mas com tudo o que o americano precisa pro dia a dia em casa, a poucos metros da sua casa.

Mas quem domina a região mais “quente" dos EUA é a concorrente Publix. Até agora... a Kroger avança de forma agressiva no sul dos EUA. E sem nenhuma loja.

Compras virtuais e robôs da Kroger

Já deu pra imaginar que a estratégia da Kroger é o e-commerce, né. Mas por trás das telas, não é uma operação qualquer. A empresa abriu um armazém automatizado em em Groveland, a 50 km de Orlando, capital da Florida.

O depósito é do tamanho equivalente a oito campos de futebol. Custou 55 milhões de dólares. E boa parte desse dinheiro foi para inteligência artificial.

Quando o cliente fecha o carrinho online, quem corre nas prateleiras pra pegar tudo são robôs. Eles separam as mercadorias compradas e entregam para motoristas (esses sim, pessoas reais), que distribuem pela região. São os robôs também que reabastecem as prateleiras.

Mais de mil robôs Kroger trabalham no armazém high tech. O sistema dessa operação complexa é comparado a uma torre de controle de tráfego aéreo.

A rede de supermercados também quer impressionar no tempo das entregas. A meta - já alcançada em outros projetos, como "Kroger Delivery Now" - é não te deixar mais de 30 minutos esperando pelas compras.

Você só clica, um robô faz o trabalho (chato) nas prateleiras para você.
Imagem: www.kroger.com / Reprodução

Inteligência artificial na expansão do varejo

O modelo de negócio é extremamente inovador. Não que robôs já não ajudem no varejo e até na sua casa. Mas uma operação baseada no trabalho deles ainda é para poucos.

Só que a gente já sabe, essa é o modelo do futuro, né? E um futuro já presente, no caso da Kroger. Por isso, a ofensiva tecnológica da companhia - além de ser uma otimização que promete melhorar os resultados financeiros - representa um impulso a outro mercado: o de robôs e inteligência artificial.  

-

DISCLAIMER: Importante lembrar que em qualquer investimento denominado em moeda estrangeira, as mudanças nas taxas de câmbio podem ter um efeito adverso no valor, no preço ou na receita de dividendos desse investimento. Mesmo que a diversificação possa ajudar a diluir o risco, ela não garante lucros ou proteção contra perdas. Há sempre a possibilidade de perder dinheiro quando você investe em qualquer produto financeiro. Por isso, considere cuidadosamente seus objetivos e riscos antes de optar por qualquer investimento.