Fear and Greed Index: como funciona o Índice do Medo e Ganância

Você conhece o Índice do Medo e Ganância? Confira o artigo e veja como este indicador afeta o movimento da bolsa de valores
Fear and Greed

Neste artigo:

- O que é o Índice do Medo e Ganância;

- Como o Fear and Greed Index funciona.


O risco e o medo fazem parte da vida dos investidores de renda variável. Não à toa, as bolsas norte-americanas utilizam um indicador conhecido como "Índice do Medo". Com ticker VIX, esse indicador é um índice que representa as expectativas do mercado, em tempo real, para mudanças de preços de curto prazo do S&P 500 – indicador que considera as 500 maiores empresas dos Estados Unidos listadas na NYSE e na Nasdaq.

Mas o VIX não é o único indicativo para lidar com medos e expectativas no mundo dos investidores. Conheça, neste artigo, o Fear and Greed Index – ou o Índice do Medo e Ganância.

O que é o Fear and Greed Index

O Fear and Greed Index pode ser traduzido como Índice do Medo e Ganância, em português. O índice foi desenvolvido pela CNN. O objetivo é avaliar os movimentos do mercado de ações e se os ativos estão com preços justos.

Por que, então, o índice leva "medo" e "ganância" no nome? De acordo com a própria CNN, no site do índice, a explicação é a seguinte: "a teoria é baseada na lógica de que o medo excessivo tende a derrubar os preços das ações, e muita ganância tende a ter o efeito oposto." Ou seja: quando os investidores estão sentindo medo no ar, o preço dos papeis tende a cair; se o momento é de euforia, ou seja, com ganância, os valores das ações costumam ir na direção oposta.

Na prática, o que isso significa? Novamente, a recomendação da criadora do índice:

"O Fear and Greed Index é usado para avaliar o humor do mercado. Muitos investidores são emocionais e reacionários, e indicadores de sentimento de medo e ganância podem alertar os investidores sobre suas próprias emoções e preconceitos que podem influenciar suas decisões. Quando combinado com fundamentos e outras ferramentas analíticas, o Índice pode ser uma maneira útil de avaliar o sentimento do mercado."

Como o Fear and Greed Index funciona

O Fear & Greed Index é uma compilação de sete critérios diferentes que medem aspectos do comportamento do investidor no mercado de ações. Os critérios são:

- momento do mercado: basicamente, é a a medida do S&P 500 comparada à média dos 125 pregões anteriores. O Índice de Medo e Ganância usa o momento de desaceleração como um sinal para medo e um momento crescente para ganância;

- força do preço das ações: o número de ações que atingiram máximas de 52 semanas versus aquelas que atingiram mínimas de 52 semanas na NYSE (New York Stock Exchange, a Bolsa de Valores de Nova York). Quando há muito mais altas do que baixas, isso é um sinal de alta e indica ganância;

- amplitude do preço das ações: Essa medida analisa a quantidade ou volume de ações na NYSE que estão subindo em comparação com o número de ações que estão caindo;

- opções de compra e venda: é um balanço entre até que ponto as opções de venda ficam para trás das opções de compra, significando ganância, ou as superam, indicando medo;

- demanda por títulos indesejados: os chamadas "Junk bonds" carregam um maior risco de inadimplência em comparação com outros títulos. A demanda por esses títulos indesejados significa ganância;

- volatlidade do mercado; aqui entra a análise de volatlidade do mercado proporcionada pelo VIX. Alta volatilidade indica medo no Fear and Greed Index;

- demanda por "porto seguro": O Índice de Medo e Ganância usa o aumento da demanda por refúgios seguros como um sinal para Medo. Por refúgios seguros, entende-se títulos do tesouro norte-americano.

Como esses sete critérios mapeados, o Fear and Greed Index dá uma pontuação de 0 a 100 para cada um, sendo 100 o ponto máximo de ganância e o 0, por sua vez, medo em escala máxima. Cada critério tem peso igual no cálculo.

Para criptomoedas

As criptomoedas também têm o Índice de Medo e Ganância. Trata-se de uma compilação feita pelo site Alternative.me e que segue uma lógica semelhante à da CNN.