Terça - 26/04/2022

O que você precisa saber hoje

Wall Street e criptos têm forte queda e dólar avança para quase R$ 5

1.       Ucrânia diz que russos criaram campo de concentração

2.       Bolsas de NY têm queda

3.       Petróleo fecha em alta

4.       Dólar sobe de novo, a R$ 4,99

5.       Criptos caem fortemente

 

O que você precisa saber

Guerra na Ucrânia: o governador de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, afirmou que os russos saquearam uma fábrica na região e fizeram prisioneiros.

"É um verdadeiro campo de concentração, onde as pessoas são submetidas a torturas e obrigadas a colaborar com as Forças Armadas da Federação Russa", disse.

Bolsas de NY caem nesta terça

As Bolsas de Nova York fecharam o dia em forte queda nesta terça-feira.  

O S&P 500 recuou 2,82%, após avançar 0,57% ontem, aos 4.175,18 pontos. O Dow Jones perdeu 2,38%, ante alta de 0,70%, aos 33.240,51 pontos. E o Nasdaq teve queda de 3,95%, após alta de 1,29%, aos 12.490,74 pontos.

Dólar tem outra alta e fica próximo dos R$ 5

O dólar subiu 2,35% hoje, depois de alta de 1,44% ontem, e fechou cotado a R$ 4,990, o maior valor em mais de um mês, desde 21 de março.

Com a subida de hoje, o dólar acumula alta de 4,85% no mês e queda de 10,49% em 2022.

O valor do dólar divulgado nesta seção refere-se ao dólar comercial.

Barril do petróleo fecha em alta

Após o BC da China garantir uma ajuda econômica ao país em razão da covid-19, o preço do barril de petróleo do tipo Brent subiu 2,61% hoje, após recuar 3,76% ontem, para US$ 104,99 na Intercontinental Exchange (ICE), de Londres.

O barril de WTI subiu 3,20% depois de perder 3,46% na sessão anterior, para US$ 101,70, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex).

Criptos em queda

O Bitcoin caía 5,15% em 24 horas no fim da tarde de hoje, cotado a US$ 38.207,12. Em sete dias, a queda é de 7,56%.

O Ethereum recuava 6,29% nas últimas 24 horas, cotado a US$ 2.827,98. Na semana, a queda é de 8,77%.

As informações são do Coinmarketcap.