Terca - 22/02/2022

O que você precisa saber hoje

Após sanções e receio de guerra, Wall Street fecha em queda

O que você precisa saber hoje:

1. O presidente americano, Joe Biden, anunciou sanções contra a Rússia em razão do conflito na Ucrânia.

2. Wall Street fechou em queda após feriado e com temor de guerra

3. O dólar teve a 3ª queda seguida e fechou a R$ 5,05.

4. Barril de petróleo sobe e há expectativa de bater US$ 100

5. PMI dos EUA sobe a 56,0 em fevereiro, diz Markit

Bolsas de NY têm quedas e S&P entra em correção

Os principais índices de Wall Street tiveram um dia de queda depois do feriado do Dia dos Presidentes. 

A principal queda foi no índice Dow Jones, que caiu 1,42%, aos 33.596,61 pontos. O Nasdaq registrou perda de 1,23%, aos 13.381,52 pontos. Já o S&P 500 teve queda de 1,01%, aos 4.304,76 pontos. Com isso, o índice ingressou em território de correção, quando há queda superior a 10% contra o recorde de fechamento, que aconteceu em 3 de janeiro.

Dólar cai ao menor valor desde julho de 2021

O dólar fechou mais um dia em queda, desta vez de 1,09%, aos R$ 5,05, menor valor desde 1º de julho de 2021, quando fechou em R$ 5,04. Foi a terceira queda seguida. A moeda recua 4,80% no mês e 9,37% em 2022.

Biden anuncia sanções contra Rússia

Na tarde de hoje, o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou novas sanções contra a Rússia após Putin reconhecer a independência de áreas separatistas na Ucrânia.

"Estamos implantando sanções na dívida soberana da Rússia. Isso significa que estamos cortando o governo russo das finanças ocidentais. Ele não poderá mais levantar dinheiro no ocidente e não poderá negociar seus títulos em nossos mercados e em mercados europeus", afirmou Biden durante seu discurso na Casa Branca.

Impacto da crise

Um conflito dessa magnitude deverá desencadear uma série de mudanças econômicas, como inflação, mudança de rota de PIB, redução de investimentos e impacto nos preços de ações.

Preço do barril pode subir

Hoje perto dos US$ 100, o preço do barril de petróleo pode voltar a subir com o possível conflito e as sanções. Depois de uma média de US$ 44 no começo da pandemia, o valor disparou para US$ 70 em 2021.

A tensão de hoje foi suficiente para elevar os preços dos barris. O barril do tipo Brent avançou 1,52% a US$ 96,84. Já o WTI, subiu 1,88%, a US$ 91,91. 

Mercado de Criptos

Em queda desde o início do ano, o mercado de criptos teve mais um dia de baixa. O Bitcoin era negociado abaixo dos US$ 37 mil, a US$ 36.649 queda de 6,5% pela manhã. No fim do dia, houve recuperação e atingiu os US$ 37.971 no começo da noite, queda de 0,04%. O Ethereum registrava queda de 0,89%, a US$ 2.616, segundo o CoinDesk.   

Markit aponta alta de PMI de 51,1 para 56,0

De acordo com a Markit, o índice PMI (Índices de Gerentes de Compras) dos EUA registrou alta de 51,1 em janeiro para 56,0 em fevereiro. 

Segundo a consultoria, “depois do menor nível de 18 meses em janeiro, o PMI composto de fevereiro indicou uma expansão substancial na produção do setor privado que superou a média de longo prazo da série”.

-

Faça parte da primeira comunidade de investimentos da América Latina para o mercado americano! Baixe o app SproutFi, aprenda e interaja com outros investidores.