Segunda - 28/02/2022

O que você precisa saber hoje

Petróleo e criptos disparam; Rússia tem dia de queda recorde do rublo

1. Wall Street tem sinais divergentes

2. Petróleo sobe mais de 4%

3. Ouro recupera perda e avança 0,69%

4. O Brasil não teve operação por conta do feriado de carnaval

5. Cripto dispara e bitcoin passa de US$ 41 mil

6. Portos fechados na Ucrânia

7. Rublo, moeda russa, em queda histórica

O que você precisa saber

No quinto dia de invasão russa na Ucrânia, uma reunião foi realizada em Belarus para tentar um acordo entre os países, mas não obteve sucesso. Após o início do ataque russo, o ocidente, liderado pelos EUA, adotou medidas econômicas contra o país de Putin.

As Bolsas de Nova York fecharam o dia com sinais distintos. Enquanto o Nasdaq avançou 0,41% a 13.751,40, o Dow Jones caiu 0,53% a 33.879,55 pontos e o S&P 500 recuou 0,26% aos 4.373,39 pontos.

Nyse e Nasdaq interromperam as negociações de ações russas nesta terça-feira. De acordo com o Wall Street Journal, essa pausa é temporária e pode ser curta ou longa.

Preço do petróleo

Os mercados acompanham com tensão o desenrolar da invasão russa. O barril do petróleo tipo Brent avançou 4,09%, a US$ 97,97. O WTI teve alta de 4,51%, a U$S 95,72 o barril.

Caso haja algum tipo de retaliação do governo russo, os EUA cogitam liberar 70 milhões de barris de petróleo de seus estoques de emergência.

Ouro sobe e se recupera

O preço do ouro registrou alta de 0,69%, a US$ 1.900,70 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da Nymex - New York Mercantile Exchange. Após a queda de 2,0% na última sexta-feira (25), o metal começa a mostrar recuperação.

Feriado no Brasil

Em razão do feriado no Brasil, não houve operação no país nesta segunda-feira. Amanhã também seguirá sem negociação.

Cripto dispara

O mercado de criptos teve mais um dia de alta nesta segunda-feira. O Bitcoin era negociado a US$ 41.697,50 no começo da noite de hoje, alta de 11,97%. Já o Ethereum, subia 8,98%, a US$ 2.822,88, segundo o CoinDesk.

Guerra na Ucrânia

Os confrontos no leste europeu seguem sendo o foco mundial, tanto político como econômico. o chefe da Administração Marítima da Ucrânia afirmou que os portos do país permanecerão fechados até o fim da invasão russa.

Rublo tem queda histórica

O rublo russo desvalorizou 119,50 por dólar hoje, um recuo histórico de 30% na comparação com a sessão de sexta. Como medida emergencial, o Banco Central da Rússia (CBR) aumentou a taxa de juros de 9,5% para 20% durante o dia.

Por conta disso, a Rússia manteve os mercados de ações fechados nesta segunda-feira.

Suíça adota sanções contra Rússia

Até mesmo a Suíça, famosa por se manter neutra, decidiu seguir a União Europeia e adotar sanções contra a Rússia após a invasão da Ucrânia. O país vai congelar os seus bens russos.

-

Faça parte da primeira comunidade de investimentos da América Latina para o mercado americano! Baixe o app SproutFi, aprenda e interaja com outros investidores.