A semana na sua carteira

Semana está cheia de empresas divulgando relatórios mensais de resultados; confira as previsões.

Neste artigo:
- agenda de dividendos da semana;
- expectativas dos relatórios trimestrais;

O investidor que aposta no mercado norte-americano terão uma semana cheia. Além de várias empresas com dividendos programados e Data Ex anunciadas, companhias relevantes vão divulgar resultados. É o caso de empresas como Tesla ($TSLA), Prologis ($PLD), Bank of America ($BAC), Netflix ($NFLX), Johnson & Johnson ($JNJ) etc.

O desempenho da bolsa tende a ser positivo se seguir o cenário da última sexta-feira (15). No último dia útil da semana passada, NYSE e Nasdaq fecharam em alta em relação à quinta-feira (14). Apesar disso, no comparativo com a sexta-feira anterior (8), o resultado foi negativo.

Confira a agenda da semana de dividendos e as perspectivas dos relatórios.

Pagamentos de dividendos (ações)

Confira algumas empresas do S&P 500 que têm Data Ex anunciada para esta semana. Veja se algumas fazem parte da sua carteira:

19 de julho:
- Caterpillar ($CAT): Pagamento de US$ 1,20 por ação previsto para 19 de agosto;
- Lowe's ($LOW): Pagamento de US$ 1,05 por ação previsto para 3 de agosto;

20 de julho:
- Colgate-Palmolive ($CL): Pagamento de US$ 0,47 por ação previsto para 15 de agosto;

21 de julho:
- CVS Health Corporation ($CVS): Pagamento de US$ 0,55 por ação previsto para 1º de agosto;
- Protector & Gamble ($PG): Pagamento de US$ 0,91 por ação previsto para 15 de agosto.

Além disso, outras empresas do S&P 500 têm pagamento programado de dividendos. É o caso de Sysco ($SYY), Dollar General ($DG), entre outras. 

Pagamentos de dividendos (REITs)

Os REITs também têm pagamentos previstos. Confira os REITs que têm Data Ex nesta semana:

18 de julho:
- Franklin Street Properties ($FSP). Pagamento de US$ 0,01 por cota previsto para 11 de agosto;
- PS Business Parks ($PSB). Pagamento de US$ 5,46 por cota previsto para 20 de julho;

20 de julho:
- LTC Properties ($LTC). Pagamento de US$ 0,19 por cota previsto para 29 de julho;

21 de julho:

- Dynex Capital ($DX). Pagamento de US$ 0,13 por cota previsto para 1º de agosto;
- Healthcare Trust of America ($HTA). Pagamento de US$ 4,82 por cota previsto para 27 de julho;
- Gladstone Comercial Corporation ($GOOD). Pagamento de US$ 0,12 por cota previsto para 29 de julho;
- Gladstone Land Corporation ($LAND). Pagamento de US$ 0,04 por cota previsto para 29 de julho;

Pagamentos de dividendos (ETFs)

Investidores de ETFs também vão receber dividendos nesta semana. Veja a lista da data dos pagamentos:

18 de julho:
- $HNDL: US$ 0,12 por cota
- $HYTR: US$ 0,01 por cota

21 de julho:
- $FFTI: US$ 0,02 por cota

22 de julho:
- $BDCX: US$ 1,26 por cota - $MVRL: US$ 0,84 por cota
- $MLPR: US$ 1,06 por cota - $BDCZ: US$ 0,41 por cota

Relatórios trimestrais divulgados nesta semana 

Algumas empresas têm relatórios trimestrais agendados para esta semana. Confira as principais:

Bank of America ($BAC) e Goldman Sachs ($GS)

Os bancos divulgam relatórios na segunda-feira (18). A expectativa é que o Bank of America vá anunciar lucros na casa dos US$ 22,8 bilhões e pagamento de dividendos de US$ 0,77 por ação. Já o Goldman Sachs deve pagar US$ 6,99 por ação e receita anunciada de US$ 11,2 bilhões.

Prologis ($PLD)
A empresa divulga relatórios na segunda-feira (18). Embora a expectativa seja de queda na receita, espera-se que a companhia anuncie pagamentos de US$ 1,12 por ação.

Johnson & Johnson ($JNJ)
A gigante dos produtos de higiene divulga resultados na terça-feira (19). A expectativa é que a empresa vá anunciar dividendos de US$ 2,57 por ação e lucro de US$ 23,87 bilhões.

Netflix ($NFLX)A empresa de streaming divulga resultados na terça-feira (19). A expectativa é de lucro para os acionistas e de ganho por ação. Tradicionalmente, a Netflix não paga dividendos e isso deve ser mantido.

Tesla ($TSLA)

A companhia de Elon Musk divulga resultados após o pregão de quarta-feira (20). A tendência do relatório é de lucro de US$ 18 bilhões e de ganhos por ação de US$ 1,73. A empresa não costuma pagar dividendos.