Rosalind Brewer: você precisa conhecer essa mulher

Roz é a única negra na lista já enxuta de mulheres que ocupam a cadeira de CEO nas empresas S&P 500

Ela é a guardiã da diversidade na elite do mercado de trabalho, em um país onde 13% da população se identifica como negra. 

Rosalind Brewer é a única afro-americana dentre as 30 mulheres CEOs das 500 empresas que compõem o índice S&P 500 ($SPX). 

rosalind brewer
Foto: Walgreens/Divulgação
O QUE É S&P 500?
O S&P 500 é um dos principais índices de ações norte-americanas, que reúne os 500 ativos mais qualificados e mais negociados na Nasdaq e na NYSE (Bolsa de Nova Iorque). Foi criado em criado em 1957. A sigla S&P significa Standard & Poor's - que você já deve conhecer, é uma das maiores agências de classificação de risco do mundo. 

A trajetória de Roz

Também chamada de Roz Brewer, a executiva nasceu em Detroit, em 1962. A mãe e o pai trabalhavam na linha de montagem da General Motors ($GM). É a caçula de cinco filhos. Eles foram a primeira geração da família a acessar a universidade. 

Durante sua jornada profissional, ocupou vários cargos altos e participou de vários conselhos, como o da Amazon ($AMZN). É impossível resumir a carreira de Roz em poucos caracteres. Vamos acelerar para anos mais recentes. 

Em janeiro de 2015, ela assumiu como CEO do Sam’s Club - a rede atacadista à qual as pessoas se associam, pagando uma anuidade, para acessar preços e produtos diferenciados. 

Em 2017, ela entrou para o conselho do Starbucks ($SBUX) e logo depois ocupou a cadeira de COO (Chief Operating Officer ou diretora de operações) da maior rede de cafeterias do mundo. 

E foi lá que Rosalind Brewer escancarou ao mundo a diferença que faz uma líder negra consciente do seu papel em uma sociedade desigual. Como? 

Em abril de 2018, em uma loja da Starbucks na Filadélfia, dois homens negros aguardavam um amigo. Pediram para usar o banheiro. O gerente disse que só era permitido se consumissem. Eles explicaram que estavam esperando o amigo para fazer o pedido. O gerente chamou a polícia e os dois homens negros foram presos

Roz, profundamente impactada, tomou o caso para si. Fechou todas as 8 mil lojas nos Estados Unidos por um dia inteiro, para um treinamento sobre racismo, para 175 mil empregados. 

“É fazer a diferença para além das lojas”, disse Rosalind no discurso às formandas da Spelman College, em que relata a história de um jeito emocionante. Aliás, vale assistir na íntegra esse vídeo.

imagem de rosalind brewer
Rosalind Brewer no discurso de formatura da Spelman College, no fim de 2018. Imagem: Reprodução

Roz conta que é vítima de preconceito com frequência. "Muitas vezes, as pessoas olham para mim como se eu estivesse no lugar errado". 

Em janeiro de 2021, foi anunciada como a nova CEO da Walgreens Boots Alliance ($WBA), dona de duas grandes redes de farmácias, Walgreens e Boots, e de empresas de fabricação, venda no atacado e distribuição de produtos farmacêuticos. Só com o anúncio, o preço das ações da Walgreens Boots Alliance subiu quase 8% na Nasdaq. 

Ela assumiu o cargo em março 2021. E é só olhar um pouco do site da holding pra entender que ela segue fazendo a diferença. 

"Usem as suas vozes. Continuem a fazer mudanças sociais. Coloquem-se em situações em que vocês possam encorajar governos a parar de espalhar ódio e medo, e, em vez disso, espalhar inclusão e acolhimento. Às vezes, usamos nossa voz para dizer nos pertencemos a esse lugar. Acostumem-se conosco”, disse ela, enfaticamente, às dezenas de formandas que a ouviam com os olhos marejados. 

imagem do discurso de rosalind brewer
Formandas da Spelman College assistem ao discurso de Rosalind Brewer. Imagem: Reprodução

A Spelman College foi fundada em 1881 e é altamente prestigiada. É privada e voltada para meninas negras. 85% das alunas recebem bolsa. 

Como a própria instituição se define, é uma escola que prepara mulheres para mudar o mundo. Rosalind Brewer estudou lá.


-

DISCLAIMER: importante lembrar que em qualquer investimento denominado em moeda estrangeira, as mudanças nas taxas de câmbio podem ter um efeito adverso no valor, no preço ou na receita de dividendos desse investimento. Mesmo que a diversificação possa ajudar a diluir o risco, ela não garante lucros ou proteção contra perdas. Há sempre a possibilidade de perder dinheiro quando você investe em qualquer produto financeiro. Por isso, considere cuidadosamente seus objetivos e riscos antes de optar por qualquer investimento.