Market Cap: saiba o que é e por que este indicador é importante nos investimentos

Veja o que é Market Cap e veja exemplos de ETFs que seguem empresas dessa classificação

Neste artigo:
- o que é Market Cap;
- Large Cap, Mid Cap, Small Cap e Micro Cap;
- ETFs em cada faixa.

O Market Cap é um dos indicadores mais importantes para o investidor. Mas você sabe, exatamente, o que é isso e para que serve o Market Cap? Não? Então, acompanhe nosso artigo para descobrir.

Market Cap pode ser traduzido como "capitalização de mercado". Na prática, isso significa o valor da empresa caso todas as ações fossem compradas. O cálculo para descobrir o Market Cap é simples: Número de ações x Valor da ação.

Exemplificando: suponha que uma determinada empresa tenha as ações cotadas a R$ 20 e que estão disponíveis, no mercado, 100 mil ações. O Market Cap, portanto, é de R$ 2 milhões.

Para os investidores, entender o que é Market Cap é importante para se analisar uma empresa ao longo do tempo. Empresas que conseguem crescer o Market Cap, via de regra, provam ser companhias financeiramente saudáveis. O inverso também verdadeiro. Market Cap reduzindo não é bom sinal.

Tipos de Market Cap

O Market Cap é um indicativo importante para que o investidor saiba o "poder de fogo" de cada empresa. Normalmente, as empresas são divididas da seguinte forma:

- Large Cap: empresas com Market Cap acima de US$ 10 bilhões;
- Mid Cap: empresas com Market Cap entre US$ 2 bilhões e US$ 10 bilhões;
- Small Cap: empresas com Market Cap entre US$ 300 milhões e US$ 2 bilhões;
- Micro Cap: empresas com Market Cap até US$ 300 milhões.

Vamos detalhar um pouco mais de cada divisão:

Large Cap

As empresas Large Cap são conhecidas também como "Big Caps". São as empresas mais conhecidas de seu setor e tendem, até pelo gigantismo, empresas que têm um crescimento proporcional mais lento do que empresas menores. Isso porque já são empresas sólidas e consolidadas.

São empresas reconhecidas no mercado, com liquidez nas negociações e que costumam ter boa estabilidade.

Na bolsa norte-americana existem ETFs que acompanham as empresas deste setor. Ativos como $SPY, $IVV, $VOO são exemplos desses ETFs.

Mid Cap

As empresas Mid Cap são aquelas que estão no meio do caminho: não são tão grandes quanto as Large Cap, porém, são maiores do que as Small Cap. São companhias com Market Cap cotado entre US$ 2 bilhões e US$ 10 bilhões.

Além disso, são empresas que costumam ser negociadas em grande volume e que possuem potencial de valorização. Apesar disso, têm mais volatilidade do que as Large Cap.

São exemplos de ETFs para Mid Caps os ativos $IJH, $VO e $IWR.

Small Cap e Micro Cap

As empresas Small Cap e Micro Cap são aquelas que estão na fase de crescimento de capital. Têm Market Cap de até US$ 2 bilhões no máximo. Por conta disso, costumam ter alta volatilidade no valor dos papéis e mais instabilidade do que companhias financeiramente mais robustas.

Exemplos de ETFs Small Cap são $IJR, $IWM, $VB; no caso das Micro Cap, vale destacar o $IWC.