Juros compostos

Os juros compostos são o segredo por trás dos investimentos. Saiba por quê.

Vamos fugir do “matematiquês" pra te explicar de um jeito simples. Imagine os seus investimentos  como um pé de feijão.

Pensando como investidor, ao invés de comer todos os grãos de feijão, você pega parte da sua colheita para semear novas plantas, que vão gerar novos brotos. E assim você vai colher mais feijão.

E desses novos pés de feijão, você também pega alguns grãos e transforma em sementes, que vão gerar mais brotos. E assim por diante… 

Os grãos de feijão são os rendimentos que você obtém quando "planta" um investimento. Quando você separa ao menos uma parte desses grãos para plantar mais pés, é o mesmo que reinvestir o seu dinheiro. E, com isso, gerar ainda mais rendimentos.

Essa é a dinâmica dos juros compostos, também chamados de juros sobre juros. Basicamente, é o que você ganha em cima do que já ganhou.

Dá play no vídeo e pra entender mais!

-

Disclaim: lembre-se de que as informações fornecidas aqui são para fins educacionais e não devem ser consideradas como aconselhamento jurídico ou tributário. Consulte um advogado ou um profissional da área tributária sobre a sua situação específica.